Ministério do Trabalho entrega certidão de registro sindical

postado em: Todas as Notícias | 0

Ministério do Trabalho entrega certidão de registro sindical para entidades gaúchas

 

Em solenidade organizada pelo Ministério do Trabalho e Emprego e Superintendência Regional do Trabalho, dezesseis entidades sindicais de diferentes localidades do Estado, receberam a certidão de registro sindical na manhã desta quinta-feira (26).

 

A mesa de autoridades contou com as seguintes presenças: Joaquim Viana Cardinal, Superintendente Regional do Trabalho; Luis Carlos Barbosa, Secretário Adjunto de Relações do Trabalho do MTE; Carlos Cavalcante de Lacerda, Secretário de Relações do Trabalho do MTE; Leonardo Cabral Dias, coordenador Geral de Registro Sindical e Cláudio Correa, Diretor da Força Sindical-RS.

 

O Diretor Diovani Schreiber Pires este representando o SINDAERGS.

 

O Superintendente Regional explicou que a certidão é um ato de concessão pelo poder público, que torna pública a existência da entidade e a legitima para representar a sua categoria. “Até chegar nesse momento foi um longo processo de trabalho dos dirigentes sindicais. Esperamos que esse ato se repita mais vezes nesse ano, para darmos encaminhamento a outros registros”, avaliou Cardinal.

 

Barbosa salientou a consideração que o ato merece, tendo em vista a morosidade do processo. “É um absurdo que os trabalhadores fiquem sem representação por mais de cinco anos para defender seus interesses ou buscar conciliação, no caso de entidades patronais. Por isso, os servidores dessa nova gestão do MTE estão desenvolvendo um grande esforço. Ainda estamos focados em projetos de qualificação profissional e economia solidária, um trabalho que se dá no dia a dia”, disse.

 

O Coordenador Geral dos Registros Sindicais reforçou o compromisso para agilizar o processo. “Tem carta sindical que tem levado oito anos para ser emitida, isso é um absurdo. Temos trabalhado para reduzir a análise do processo de registro para que seja mais clara, objetiva e sucinta dentro da legalidade”, afirmou Dias.

 

O Secretário Lacerda encerrou o ato representando o Ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira. “O Brasil precisa de gestos e ações, e é isso que o Ministério está fazendo. Tínhamos mais de 15 mil processos,  hoje conseguimos reduzir a 1mil e 700, atendendo as pessoas sem distinção, independente de central ou partido. A secretaria está à disposição do trabalhador brasileiro”, concluiu.

 

Receberam o registro sindical as seguintes entidades:

Sindicato dos proprietários de Táxi de Canoas-RS;

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Nova Prata-RS;

Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário de Passo Fundo-RS;

Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Rio Grande do Sul;

Sindicato dos Trabalhadores no comércio Hoteleiro, Restaurante, Bares e Similares, Refeições Coletivas, Agências de Turismo e Hospitalidades de Santa Maria-RS;

Federação dos Trabalhadores Assalariados Rurais no Rio Grande do Sul;

Sindicato dos Servidores Públicos de Muitos Capões-RS

Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Metroviários e Conexas do Rio Grande do Sul;

Sindicato do Comércio Varejista do Vale do Paranhana;

Sindicato dos Administradores do Estado do Rio Grande do Sul;

Sindicato das Empresas de Promoção e Organização de Eventos e Centros de Eventos do Estado do Rio Grande do Sul;

Sindicato dos Servidores Municipais de Parobé-RS;

Sindicato Intermunicipal dos Estabelecimentos de Educação Infantil do Estado do Rio Grande do Sul;

Sindicato dos Empregados no Comércio Hoteleiro e Similares de Porto Alegre-RS;

Sindicato dos Empregados em Empresas de vigilância e Segurança de São Leopoldo-RS;

Sindicato dos Motofretistas de Porto Alegre-RS.

Fonte: site da força sindical

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 13 =